Discussão de Artigo Científico – 23/03/15

A doença de Crohn é uma doença intestinal inflamatória crônica, caracterizada por ulceração de mucosas e inflamação no íleo, podendo atingir também a região do cólon.  Diversos alelos de risco para o desenvolvimento da doença foram identificados, dentre os quais polimorfismos no gene ATG16L1. Camundongos mutantes para o Atg16L1 exibem um fenótipo característico, no qual são observadas anomalias das células de Paneth (responsáveis pela produção de lizosima e defensinas no íleo). No entanto, quando estes animais são transferidos para um biotério estéril, o fenótipo selvagem é restaurado. Neste sentido, o  trabalho de Cadwell e colaboradores demonstrou que a  infecção de camundongos Atg16L1 mutantes pelo norovirus MNV CR6 é a responsável pelas  alterações morfológicas  e funcionais em células de Paneth previamente observadas, as quais não estão presentes em camundongos selvagens ou em mutantes não infectados. A interação genótipo-infecção, portanto, poderia gerar alterações tecido-específicas que favoreceriam a inflamação intestinal. De fato, somente camundongos mutantes infectados pelo vírus exibem patologia intestinal (íleo e cólon) severa induzida por DSS, semelhante àquela observada em pacientes com a doença de Crohn. Ademais, o tratamento destes camundongos com antibióticos ou anticorpos bloqueadores de TNF-a e IFN-g resultou em redução drástica da injúria intestinal induzida por DSS, sugerindo que citocinas inflamatórias e bactérias comensais seriam os mediadores envolvidos na manutenção da patologia. O trabalho demonstrou, portanto, que a interação entre susceptibilidade genética e infecção viral desencadeia anomalias intestinais, as quais predispõem o desenvolvimento de doenças inflamatórias. Talvez, em humanos, este tipo de interação seja fundamental para o desenvolvimento da doença de Crohn, o que explicaria sua baixa incidência em indíviduos que são homozigotos para alelos de risco.

Cell. 2010 Jun 25;141(7):1135-45. doi: 10.1016/j.cell.2010.05.009

Texto escrito por Jaqueline Raymondi

Sem título

 

DIA: 23/03/2015 (segunda-feira)

LOCAL: Sala de Seminários II – Prédio Central – FMRP

HORÁRIO: 11:00 horas

Artigo Seminário