Discussão de Artigo Científico – 15/06/15

Interleucina-3 amplifica a inflamação aguda e é um potencial alvo terapêutico na sepse

A interleucina (IL)-3 é uma citocina que está envolvida com a hematopoiese de células mielóides. Foi demonstrado que durante a sepse ocorre ativação de células B1 inatas residentes da cavidade peritoneal pelo LPS e que estas células migram para o baço, se diferenciam em células B ativadoras da resposta inata (células IRA) e produzem IL-3. A IL-3 atua nas células progenitoras hematopoitéticas, promovendo a diferenciação de células mielóides, como os neutrófilos e monócitos. Estes tipos celulares atingem a circulação e liberam citocinas pró-inflamatórias envolvidas com a resposta inflamatória sistêmica característica da sepse. Em paralelo, demonstrou-se que pacientes com sepse que apresentam altos níveis de IL-3 circulantes possuem 5 vezes mais chance de morrer do que os pacientes que apresentam menores níveis desta citocina. Em resumo, este trabalho mostrou que a IL-3 tem um papel deletério na sepse por participar da exacerbação da resposta inflamatória sistêmica, com consequente lesão orgânica.

 

resumo fernanda

 

Texto escrito por Fernanda V. S. Castanheira

DIA: 15/06/2015 (segunda-feira)

LOCAL: Sala de Seminários II – Prédio Central – FMRP

HORÁRIO: 08:30 horas

Artigo Seminário