Discussão de Artigo Científico – 19/10/15

DIA: 19/10/2015 (segunda-feira)

LOCAL: Sala de Seminários II – Prédio Central – FMRP

HORÁRIO: 08:30horas

 

Nosso organismo durante processos de injúria e inflamação apresenta um complexo sistema celular, no qual células especializadas atuam como primeira linha de defesa no combate de um agente patogênico. Esse sistema se torna inerente para sobrevivência, defesa e reparo celular, pois nos alerta frente ao perigo. Os receptores de reconhecimento padrão (PRRs) identificam um estímulo e subsequentemente desencadeiam uma cascata intracelular complexa. Dentre os PRRs mais caracterizado por ter um papel fundamental nas desordens inflamatórias e possivelmente o mais estudado é o inflammasome NLRP3, assim chamado porque a proteína no complexo NLRP3 pertence à família de receptores de domínio do tipo de ligação de nucleotídeos e de oligomerização (NLRs) e também é conhecido como “proteína contendo o domínio pyrin 3”. O inflamassoma NLRP3 está associado ao aparecimento e progressão de várias doenças, incluindo distúrbios metabólicos, esclerose múltipla, doença inflamatória do intestino, síndrome da febre periódica associada-criopirina, bem como outras doenças auto-imunes e auto-inflamatória. Vários inibidores no intuito de bloquear o inflamassoma NLRP3 têm sido descrito, algumas das quais são promissores no tratamento clínico.
Estudos em macrófagos e em modelos animais têm demonstrado que a lipoproteína e cristais de colesterol de baixa densidade oxidadas desencadeiam a ativação do inflamassoma NLRP3. Por outro lado, em modelo animal de diabetes tipo II, hiperglicemia, e excesso de ácidos graxos livres também contribuem para ativação do NLRP3, o que prejudica o metabolismo da glicose e fortalece a resistência à insulina. O acúmulo de ácido úrico, cristais de urato monossódico são  causadores da gota e por sua vez modulados pela proteina NLRP3. Juntos esses dados sugerem que, durante a progressão de doenças  inflamatórias e metabólicas o principalmente inflamassoma ativado é o  NLRP3.
Referência > Shao B-Z, Xu Z-Q, Han B-Z, Su D-F, Liu C. NLRP3 inflammasome and its inhibitors: a review. Frontiers in Pharmacology. 2015;6:262. doi:10.3389/fphar.2015.00262.