Artrite é menos grave no Brasil que em países desenvolvidos. O segredo? Muitos vermes…

No Brasil, em média, as pessoas que têm artrite reumatóide demoram mais para receber o diagnóstico, para começar o tratamento e têm menos acesso à reabilitação, quando comparadas aos pacientes de países desenvolvidos. Mas, ao contrário do esperado, a doença se manifesta de forma menos grave por aqui.

Em busca de um motivo, o médico reumatologista Aírton Rocha, da Universidade Federal do Ceará, constatou que as verminoses que os brasileiros têm ao longo da vida podem controlar a inflamação exagerada – ou seja, a falta de saneamento básico deu uma ajudinha. Depois de fazer muitas sopas de lombrigas e conseguir tratar animais com artrite, Aírton procura agora um medicamento para as pessoas – afinal, ter vermes na barriga não é uma boa política de saúde.

Entrevista: Ana Paula Chinelli
Gravada durante o II Simpósio Internacional de Doenças Inflamatórias realizado pelo CRID

 

Últimas Publicações