Estudo abre caminho para novo tratamento contra perda óssea

Karina Toledo | Agência FAPESP – Experimentos com camundongos conduzidos na Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto, sugerem que inibir a ação de uma proteína conhecida como quemerina pode ser uma estratégia eficaz para evitar a perda óssea associada a doenças de cunho inflamatório, como obesidade, dislipidemia, diabetes e artrite reumatoide”.

Acesse aqui a matéria completa.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn