Discussão de Artigo Científico – 11-09

DIA: 11/09/2017 (segunda-feira)

LOCAL: Sala de Seminários II – Prédio Central – FMRP

HORÁRIO: 11:00 horas

Artigo.

Todas as células do organismo possuem uma vasta maquinaria bioquímica que trabalha para produção de moléculas energéticas utilizadas para a manutenção do funcionamento celular. Nos últimos anos, vários trabalhos vêm demonstrando que, além do suprimento energético, essa maquinaria também está envolvida no metabolismo pode participar da modulação de outras funções celulares, como por exemplo, ativação e diferenciação celular.  Nesse sentido, o metabolismo da glutamina fornece suporte importante para a função de macrófagos e ativação de respostas imunes desejáveis, porém os mecanismos moleculares associados ainda não eram conhecidos.

O presente trabalho demonstra que a produção de α-cetoglutarato (αKG), produzido através da glutaminólise, é importante para a ativação de macrófagos pela via alternativa (M2). Além disso, a ativação da oxidação de ácidos graxos (FAO) e a reprogramação epigenética dependente da enzima Jmjd3, associada ao processo de demetilação de genes, também irão contribuir para a diferenciação dos macrófagos para um perfil M2. Os autores também demonstraram que a diferenciação de macrófagos para um perfil M2 é modulada por uma razão elevada de αKG / succinato. Enquanto que, uma baixa razão irá favorecer um fenótipo pró-inflamatório em macrófagos ativados pela via clássica (M1). Além disso, o trabalho demonstrou que αKG contribui para o desenvolvimento da tolerância à endotoxina após a ativação de macrófagos M1. Em resumo, o trabalho demonstra como a glutaminólise irá modular a resposta imune dos macrófagos por meio da reprogramação metabólica e epigenética.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn