Discussão de Artigo Científico – 27/04/2018

DIA: 27/04/2018 (sexta-feira)

LOCAL: Sala de Seminários II – Prédio Central – FMRP

HORÁRIO: 11h00

Artigo

Artrite reumatoide (AR) é uma doença auto-imune de cárater crônico/sistêmico, caracterizada por inflamação articular sinovial e desenvolvimento de autoimunidade celular humoral e celular contra proteínas citrulinas. NETs (Neutrophil extracellular traps) são uma fonte de auto-antigénios citrulinados e ativam fibroblastos sinoviais (FLS-fibroblast-like synoviocytes) em pacientes com AR, células cruciais na geração do dano articular. Neste paper foram investigados os mecanismos moleculares pelos quais as NETs promovem fenótipos pró-inflamatórios em FLS e se essas interações geram respostas imunes adaptativas patogênicas, contra proteínas citrulinadas presentes nas NETs.  Através de imunofluorescência e western blot, observou-se que NETs contendo peptídeos citrulinados são internalizadas pelos FLS através de uma via RAGE-TLR9, promovendo o fenótipo inflamatório nesses fibroblastos e a sua regulação positiva do complexo principal de histocompatibilidade (MHC) classe II. Uma vez internalizados, peptídeos das NET são complexados a esses MHC II presentes nos FLS para posterior apresentação para células TCD4 positivas. Realizando experimentos in vivo, observou-se que camundongos trangênicos (HLA-DRB1 * 04: 01) imunizados com FLS préviamente sensibilizados com NETs desenvolvem anticorpos específicos para formas citrulinadas de auto-antigénios relevantes implicados na patogénese da AR (ACPAs), bem como danos na cartilagem desses animais.  Estes resultados implicam FLS como mediadores notáveis na patogênese da AR, através da internalização e apresentação dos peptídeos citrulinados das NET para o sistema imunológico adaptativo, levando a autoimunidade patogênica e danos na cartilagem.

Post 27

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn