CRID participará do Pint of Science 2019 em Ribeirão Preto com tema revolucionário

Nos dias 20, 21 e 22 de maio, Ribeirão Preto recebe mais uma edição do Pint of Science, um festival internacional de divulgação científica. No Brasil serão 87 cidades nas cinco regiões, onde os professores e pesquisadores de várias instituições irão aos bares e cervejarias conversar diretamente com o público sobre ciência e cultura.
Em Ribeirão Preto, o evento ocorrerá nas cervejarias Invicta e Lund e abordará temas como saúde, genética, democracia, comunicação e exercícios físicos. A organização local do evento é realizada pelo Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias, Centro de Terapia Celular e Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto, instituições ligadas à USP de Ribeirão Preto.
O Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias – CRID, um dos 17 Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão financiados pela Fapesp, trará para o evento, no dia 21/05 às 19h30 na cervejaria Invicta, um tema científico revolucionário, “Da cura de doenças à fabricação de cervejas: uma revolução chamada CRISPR/Cas9”.

Sobre o tema
CRISPR/Cas9 é uma tecnologia revolucionária que possibilita a edição do DNA de animais, micro-organismos e plantas de maneira rápida, barata e eficiente. Essas modificações nos genes de determinados organismos podem trazer inúmeras melhorias em prol da sociedade, como correções de mutações genéticas que causam doenças até então incuráveis, desenvolvimento de culturas agrícolas resistentes a pragas, além de reeditar o genoma de micro-organismos – inclusive as leveduras utilizadas na fabricação da cerveja!

Sobre a Pesquisadora
Nerry Tatiana Cecilio S. Peres é Doutora em Ciências com ênfase em Biologia Celular e Molecular pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP. Realizou seu estágio pós-doutoral no Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias (CRID), sediado na FMRP-USP, e atualmente é pesquisadora visitante do Target Discovery Institute da Universidade de Oxford, no Reino Unido. Tem interesse em desenvolvimento de novos fármacos e na descoberta de alvos farmacológicos para o tratamento de doenças inflamatórias.

A entrada é gratuita e o público paga apenas o que consumir nos bares. A programação completa e mais informações estão disponíveis no site do evento.