Pesquisador egresso e atual do CRID publicaram paper na Nature Immunology

Doutorando do CRID e bolsista FAPESP, Guilherme Martelossi Cebinelli, realizou estagio na University of Virginia no laboratório do professor Jonathan Kipnis e contribuiu para a realização do artigo publicado na Nature Immunology no dia 14 de Agosto: Meningeal γδ T cells regulate anxiety-like behavior via IL-17a signaling in neurons.

Neste artigo o primeiro autor é também doutorando egresso do CRID, Dr. Kalil Alves de Lima (bolsista egresso
FAPESP), que agora realiza pós-doutorado no laboratório do professor Kipnis (recentemente instado na Washington University). As descobertas geradas pelo estudo aumentam as evidências experimentais de que células imunológicas estão envolvidas em mais do que apenas combater infecções, elas também podem contribuir para as funções cognitivas. Por meio de uma caracterização celular e molecular das células T γδ17 presentes na meninge de
camundongos, definiu-se que estas células são a fonte de IL-17a mais próximo ao sistema nervoso central em homeostase.

A liberação fisiológica de IL-17a por essas células foi correlacionada com o comportamento de ansiedade em camundongos e foi parcialmente dependente da sinalização via TCR, ativada por sinais derivados da microbiota comensal. No sistema nervoso central, foi demonstrado que o receptor de IL-17a é expresso em neurônios glutamatérgicos corticais em homeostase, e sua deleção genética diminui o comportamento de ansiedade em camundongos. Desta forma, os resultados gerados por esta publicação, sugerem que a produção de IL-17a por células T γδ17 presentes na meninge representa uma ponte evolutiva entre esta molécula que confere resposta contra patógenos e que também modula características comportamentais.

Kalil Alves de Lima, et al. Meningeal γδ T cells regulate anxiety-like behavior via IL-17a signaling in neurons. Nature Immunology, 2020.